quarta-feira, 15 de abril de 2009

ela disse:

palavra certa tem temperatura
coisa igual de abraço, sabe
que esvazia todo o peito
para enchê-lo novamente
de vontades tantas

10 comentários:

Luciana Brito disse...

*-*

E tu me surpreende a cada verso...
As palavras podem ser lâmina que nos fere ou abraço que nos preenche, como tu falou.

Adorei!!

Beijo pra tu!! ^^

:: rita :: disse...

. ai, paulo... tudo tão lindo! assusta a alma e faz bem! =D


carinho ^^

marcella rarumi disse...

eu, se fosse você, deixava tua amiga aqui feliz. eu, se fosse você, fazia um layout ou pegava um pedaçõ de qualquer coisa bonita e dava pra tua amiga colocar no blog dela que está em pré-auto-velório. hahahaha.. se eu fosse você faria isso.. te adoro, feioso!

Ana Paula disse...

E que exista sempre essa palavra certa e um abraço apertado pra fazer o resto...^^
=)

Nadja disse...

Lindo poema...


mesmo!


rs


bjosss

Izabela disse...

E que cada palavra aqueça ainda mais. Lindo espaço.

Um beijo!

Dani Santos disse...

... uma palavra. uma flor.
abraços que criam mundos e abrem portas.

flores a ti. sempre. bj bj.

Thiago disse...

Paulo, encher-se e esvaziar-se faz parte do dia a dia não é?

bianca disse...

lindo isso de palavra certa ter temperatura, coisa igual de abraço!

Ana disse...

Quanta delicadeza encontrei aqui!