sábado, 4 de abril de 2009

oração de outono

minha oração é um rio que corre
doce e calmamente para o mar

7 comentários:

Ana Paula disse...

E que DEUS tmb encontre o mar e possa te ouvir...=)

Luciana Brito disse...

Oração leve, lenta como esse rio que tu fala... isso me lembra os momentos de reflexão, aqueles em que vamos ao íntimo de nós mesmos e apesar das visões, ficamos tão leves depois disso.


Versinhos lindos!

Beijo moço... adoro tu!

Nadja disse...

LINDO ISSO...



:)

Pedro Antônio disse...

Obrigado, Paulo!

Adoro suas visitas! Amo a sua poesia.

Acabei de descobrir que também vim com defeito de fábrica - lendo seu poema abaixo - pois, meu coração vive se despedaçando com qualquer "esbarradinha".

Abração.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA - www.atorremagica.blogspot.com

Dani Santos disse...

tem palavras que escorrem e às vezes lembram lágrimas.

...

Abraços a ti.

Dani Santos disse...

Adorei a nova foto do blog. triste um tanto. mas bonita.

Maria disse...

Se o outono é meu preferido, imagine nesta tenra doçura...