terça-feira, 23 de dezembro de 2008

ao artista

sempre te vi assim,
de longe a imaginar.
adoro esses teus cabelos brancos,
e teus olhos sempre a buscar.
buscavam o que um dia irei buscar.
plantaste esse desejo em mim,
claro, sou teu filho,
pedaço pequeno a te afirmar.
e essas mãos que tanto tocou e sentiu,
ásperas amostras do tempo,
parecem agora tão cansadas.
tempo que te correu e deixou marcas,
marcas de adeus,
de inebriante presença.
aos quatro filhos deixou tua arte,
nossa arte, nossa vida.
tudo que criamos é pra ti,
não percebes?!
se aprendemos a amar é por tua culpa.
ah, doce tempo os de criança
onde nos levava aos ombros
e prometia maravilhas.
doce mundo aquele, não esqueço.
um dia viajaste, não voltaste,
assim previ.
pegou carona no sonho, no teu sonho,
e para o vento acenaste,
era o último adeus.
já era hora, e teu tempo já era fim.
teu mundo não era este,
nunca foi.
teu mundo era o céu, junto com os anjos,
ensinando-os as nuances de azul,
o azul de que tanto falavas,
que pintaste teu céu e deixaste uma amostra.
estava aqui de passagem, eu sei.
grandes coisas aprendi contigo.
me ensinaste a ver o mundo,
ser o que sou e me orgulhar,
mesmo que feio, triste e meio torto,
a vida em mim, e me encantar.
longe não estás,
inacessível muito menos.
te evoco a cada segundo,
nos sonhos meus e teus,
a cada passo e lembrança,
no meu nascer e morrer diários,
no sorriso dos que amo.

7 comentários:

paradoXos disse...

BELO E PODEROSO post!!

Feliz Natal

abraços

Dani Santos disse...

Ai, ai... belas palavras costuradas de sonhos, lembranças, sorrisos e lágrimas. A intensidade das cores com que pintas esse retrato,envelhecido de saudade e renovado de afeto... A canção que se forma nessa ciranda de palavras abraçadas emlaços de afetos bons. O gosto dos silencios que ficaram, dos acenos que se estenderam no tempo... o cheiro das rosas, da tintas, do que é vida e reflexo. A vida que se estende em ti, que se entrelaça, que se tinge de grandezas e profundidades, nesse exercicio, diário, de tornar-se.

Abraços e chuva mansa pra ti...

[que as estrelas te afaguem a face...]

:: rita :: disse...

oie... bom, fiz um blog novo! e como sei pouco, depois te passo os dados pra vc dar um up...! beijoooo da rita! te gosto muitoooo!

:: rita :: disse...

tomara que meu bolo preste... hihi!
...

beijo!

Thiago disse...

que lindo Paulo! Isso é o que chamo de amor puro!

Carla Taiane disse...

Amigo...
simplesmente lindo...
bjos meu...

:: rita :: disse...

... ai [suspiro]


eu gosto tanto de vocÊ!
=*