terça-feira, 20 de março de 2007

nem digo

e eu morro mas nem digo
me escondo atrás da porta
e lá me esqueço
não desejo
não me vejo
e quando então me perguntar
onde anda o amor
direi apenas que não se foi
apenas adormeceu
no tempo
no ar
debaixo da cama
dentro do travesseiro.

4 comentários:

marceLLa disse...

tão lindo, tão calmo por aqui.

;*

__Felícia Lun'azul__ disse...

Ou se esqueceu,
dentro olhos outros,
esses que a gente se perde,
se esquece
que viveu.

Vem me visitar, moço?

Beijos,beijos

__Felícia__

Dani Santos disse...

... aslágrimas que caem e o grito preso na garganta por aqui... umalágrima antiga, uma dor sem nome, um soluço apenas. Tudo o que recende e o que dói em mim ao ler sobre o amor. Adormecido. Perdido já? Pra sempre ou nunca. Antes, tanto, quando... como um silêncio vago e triste pela palavra que se fez torta e perdida...

Dani Santos disse...

E ficou por aqui... por enre, por sobre o travesseiro que deixastes. Como um presente. uma lembrança. Ficou por aqui. a preencher os silencios e as distancias q s´existem fisicamente. Porque estás aqui. Te adoro demais. Bjus todos.